user

user

 imagen

El expresidente del Gobierno español Felipe González llegó hoy a la ciudad brasileña de Sao Paulo, donde esta semana tiene previsto asumir la titularidad de la cátedra iberoamericana 'José Bonifacio'.

González se reunió este lunes con el rector de la Universidad de Sao Paulo (USP), Marco Antonio Zago, y con la escritora brasileña Nélida Piñón, premio Príncipe de Asturias de las Letras, quien esta semana le traspasará la titularidad de la cátedra al expresidente.

El ex jefe del Ejecutivo español (1982-1996) admitió que es la primera vez que acepta una oferta como la realizada por la USP, la mayor universidad de Latinoamérica, por cuestiones de tiempo y dedicación.

"Hasta el momento no había pensado en comprometerme durante un año con una institución", aseguró González.

Asimismo, subrayó su deseo de poder contribuir, a través de esta cátedra, a aumentar "la conciencia internacional, latinoamericana e iberoamericana".

La cátedra, que será asumida por González el jueves, también ha tenido como titulares al expresidente chileno Ricardo Lagos; al ex secretario general iberoamericano Enrique Iglesias, y a Nélida Piñón, quien admitió haber "luchado" para que González fuera su sucesor.

"Siento una gran admiración por González. Es uno de esos raros políticos a los que considero estadistas", afirmó la escritora.

El rector de la USP recalcó que el objetivo de la cátedra 'José Bonifacio', creada en 2013, es el de reforzar las "relaciones iberoamericanas" con la ayuda de personalidades del mundo de la cultura, la economía y la política.

"Buscamos personalidades de destaque capaces de conducir con los jóvenes pensamientos innovadores, en una línea de actuación iberoamericana", agregó Antonio Zago.

González también participó hoy en una reunión de trabajo para planificar las actividades académicas que tendrá a lo largo de la semana en la Universidad de Sao Paulo, institución pública vinculada al gobierno regional del estado de Sao Paulo y que cuenta con 90.000 alumnos y 48 facultades.

El martes, el ex jefe del Ejecutivo español impartirá una conferencia en la USP sobre el futuro de las universidades y el miércoles dictará el Aula Magna del centro académico.

El jueves González tomará posesión de la cátedra y el viernes regresará a España.

 

 

FONTE: http://www.efe.com/efe/espana/gente/felipe-gonzalez-llega-a-brasil-para-asumir-la-catedra-jose-bonifacio/10007-2861113

Publicado em: 07/03/2016

Convidamos a todos para o lançamento da coletânea As matrizes do Fabulário Ibero-americano, sob coordenação da escritora Nélida Piñon e organização dos professores Gerson Damiani e Maria Inês Marreco, resultado do trabalho do grupo de pesquisa do ciclo 2015 da Cátedra José Bonifácio do CIBA-USP.

 

No evento também será realizada a cerimônia de posse do ex-presidente da Espanha Felipe González na Cátedra José Bonifácio, que conduzirá um grupo de pesquisadores da USP sob o tema "Os desafios da governança na democracia representativa".

 

 

É com imensa satisfação que o Centro Ibero-americano convida a todos para a cerimônia de posse do ex-presidente da Espanha Felipe González no âmbito da Cátedra José Bonifácio, que terá lugar na quinta-feira, 10/03, às 10h00, no Auditório István Jancsó, do Espaço Brasiliana da Universidade de São Paulo (Rua da Biblioteca, s/n, Cidade Universitária, São Paulo).

Felipe González é advogado e político espanhol. Foi Secretário Geral do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) de 1974 a 1997 e presidente da Espanha de 1982 a 1996, em 4 mandatos sucessivos. Seu governo foi essencial para a consolidação da democracia espanhola; no período, o país passou por um processo contínuo de crescimento econômico e integrou-se à Comunidade Econômica Europeia - sucedida pela União Europeia. Sob sua liderança, a Espanha tornou-se um país ativo na Comunidade Europeia e estreitou seus laços com a América Latina. O interesse de González com o futuro da Espanha e seu papel no contexto europeu e mundial ainda são seus interesses principais. Em março de 2016, Felipe González tomará posse da Cátedra José Bonifácio da Universidade de São Paulo (USP), liderando um grupo de pesquisadores e acadêmicos de excelência sob o tema Os desafios da governança da democracia representativa.

 

 

Quarta, 09 Março 2016 00:00

Aula Magna com Felipe González na USP

Na quarta-feira, 09/03, às 17H30, o ex-presidente da Espanha Felipe González pronunciará aula magna na USP com o tema "Os desafios da governança na democracia representativa", no auditório do prédio 5 da FEA-USP (Av. Prof. Luciano Gualberto, 908, São Paulo). O evento inicia a série de atividades realizadas por Felipe González no âmbito da Cátedra José Bonifácio 2016.

Segunda, 22 Fevereiro 2016 00:00

Edital para Grupo de Pesquisa 2016

 

A escritora Nélida Piñon, atual ocupante da Cátedra José Bonifácio do Centro Ibero-americano da USP, concedeu em outubro do ano passado uma entrevista à Revista de Estudios Brasileños (REB), editada pela Universidade de Salamanca em conjunto com a USP e em parceria com a Universia. 

Na entrevista, publicada nesse primeiro semestre pela REB, Nélida Piñon fala de seu trabalho na Cátedra José Bonifácio, seu ofício como escritora, comenta sua viagem pela Península Ibérica e opina sobre a situação atual da política na Espanha. O texto na íntegra pode ser conferido aqui.

Terça, 01 Dezembro 2015 00:00

Vª Conferência da RIBEI

O Centro Ibero-americano da USP, representado em Santo Domingo.

Da Península Ibérica à América Latina: Convergências e Diferenças Culturais
 
Na quarta-feira, 25/11/2015, teremos a última atividade do ano da Cátedra José Bonifácio, com a presença do Ministro Eduardo da Costa Farias, do Ministério da Relações Exteriores do Brasil, o qual proferirá palestra sobre o tema "Da Península Ibérica à América Latina: Convergências e Diferenças Culturais”. 
 
Eduardo da Costa Farias atuou como diplomata no Peru, nos Estados Unidos, na Espanha, Alemanha e Áustria. Foi responsável e coordenador de temas culturais no Ministério das Relações Exteriores em Brasília, coordenador geral da secretaria do Grupo do Rio, tendo participado já das reuniões iniciais do Grupo do 8. Sua tese para promoção a ministro tratou da Criação de uma Agência Brasileira de Difusão Cultural.
 
O evento acontece das 10h30 às 12h00, na Sala da Congregação do Instituto de Relações Internacionais.
 
Eduardo IRI cartaz

O Prof. Umberto Celli Junior, da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto da USP, proferiu, nessa terça-feira, 29/09, palestra intitulada O Brasil, o Mercosul e os acordos preferenciais de comércio: alternativas e perspectivas. A palestra faz parte da série de apresentações ministradas por pesquisadores e professores na disciplina Temas Contemporâneos da Ibero-América, oferecida em conjunto pelo Centro Ibero-Americano (CIBA) e pelo Instituto de Relações Internacionais da USP.

Convidamos a todos para a palestra Os Desafios da América Latina na Atual Conjuntura Internacional, a ser proferida por D. Enrique Iglesias, ex-presidente do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) e ex-secretário Geral da SEGIB (Secretaria Geral Iberoamericana). O evento ocorrerá na sala da Congregação do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de São Paulo (IRI-USP), no dia 02/10, das 10h15 às 11h30.

Rua da Praça do Relógio, 109, Bloco K, 3º andar, sala 313
Cidade Universitária, São Paulo-SP, CEP 05508-050
Tel 55 (11) 3091-8353